A falta de opções em locais públicos para as crianças se divertirem durante as férias em Formiga tem levado à invasão de espaços agora fechados, em escolas da cidade.
Um desses locais é o Cemei localizado no bairro São Luiz, onde crianças estão entrando por meio de uma abertura no alambrado ou pulando o muro para ter acesso à quadra.
O local não possui vigia e todos os dias, dezenas de crianças correm o risco de se machucarem para entrar no local.
Alguns pais fotografaram a situação da escola e da quadra e enviaram para a redação do jornal com um pedido para a que a administração proporcione locais de lazer como o Parquinho da Rodoviária que só agora começa a ser reconstruído, ou providencie um vigia para a abertura da quadra, uma vez que em um período de ócio durante as férias, é comum que as crianças busquem alternativas, o que é benéfico, desde que não as coloquem em risco.
As fotos mostram ainda problemas na estrutura da escola, com grandes rachaduras. Na quadra, além da ferrugem que toma conta das traves do gol, há muita sujeira. Nos banheiros, há objetos espalhados por todos os lados e o mofo toma conta do local.
Com as férias pela metade, a expectativa dos pais é de que a administração reforme a escola nessas partes, para que a mesma ofereça condições de receber os alunos que permanecem na instituição várias horas por dia, por se tratar de uma escola de tempo integral.
Há informações de que as ?invasões? nos terrenos das escolas ocorrem por toda a cidade.

print
Comentários