Fama, pequena cidade do Sul de Minas com 2 mil habitantes, registrou a primeira morte em decorrência de Covid-19 desde o início da pandemia, ainda em março do ano passado.

A informação foi confirmada na segunda-feira (5) no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Segundo a administração local, o rapaz não acreditou no primeiro exame positivo.

A vítima era um motorista de 37 anos que começou a ter os primeiros sintomas há cerca de 15 dias. Como o município tem estrutura precária de saúde, o homem estava internado na Santa Casa de Alfenas, cidade vizinha que fica a menos de 15 km de distância.

“Como ele trabalhava como motorista, infelizmente ficava bastante exposto ao vírus. Ia pra lá e pra cá. E ele não acreditava muito na doença. Não acreditou quando fez o teste aqui e deu positivo”, afirma Aruzo Galdino de Castilho, profissional responsável pelo combate à Covid-19  no município.

“Para atrapalhar ainda mais a situação, ele chegou a fazer um teste em Alfenas que deu negativo. Aí começou a passar mal e, depois de uns dois, três dias, foi para a Santa Casa de lá com falta de ar. Infelizmente não saiu mais”, lamenta Castilho. O motorista morreu na quinta-feira passada (1º).

Fonte: Estado de Minas

print
Comentários