O Senado deve instalar uma comissão de sindicância para investigar a razão de 70 servidores da casa não terem respondido a um recadastramento geral. Segundo o diretor- geral, Haroldo Tajra, o ato que pedirá abertura de investigação também vai prever a suspensão dos salários. Suspeita-se da existência de funcionários fantasmas e servidores mortos.
Segundo o secretário da Casa, senador Heráclito Fortes (DEM- PI), os 70 servidores teriam salários suspensos ontem. Mas, de acordo com Tajra, a suspensão só ocorrerá quando a decisão for publicada.
A decisão pelo recadastramento foi feita para moralizar a Casa após crise política iniciada com a eleição do senador José Sarney (PMD- AP) para presidência do Senado.

print
Comentários