Neste sábado (16), cerca de 150 países celebraram o Dia Mundial da Alimentação. A data, estabelecida pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), tem o objetivo de chamar atenção para o problema que afeta, atualmente, cerca de um bilhão de pessoas em todo o mundo.
Com o tema Unidos contra a fome, a intenção da edição deste ano é reconhecer os esforços na luta contra a fome a nível nacional, regional e internacional, e unir os diversos setores da sociedade em busca de justiça social e de melhores redes de seguridade social para os pobres.
Dessa forma, de acordo com informações da FAO, o Dia Mundial da Alimentação (DMA) tem o objetivo de informar à população sobre o problema e incentivar a solidariedade nacional e internacional no combate à fome, má nutrição e pobreza, assim como buscar uma maior participação da população rural nas decisões e atividades que interferem suas condições de vida. A data foi celebrada com diversas atividades em todo o país.
Em Belo Horizonte, para comemorar a data, foi promovida a Semana do Alimento Seguro, durante três dias de programação (14, 15 e 16 de outubro), que integra uma iniciativa do Programa de Alimentos Seguros – PAS Consumidor. A proposta foi conscientizar a população sobre os aspectos de segurança alimentar e sensibilizar as pessoas a repensar os hábitos e os procedimentos de manipulação dos alimentos.
Com o tema ?Saiba como se alimentar com segurança?, o biomédico Roberto Martins Figueiredo, mais conhecido como o Dr. Bactéria, abriu o evento abordando as enfermidades humanas ou animais, de origem microbiana, física ou química (tóxica), conhecida como doenças transmitidas por alimentos (DTA?s), cujo veículo de transporte do agente contaminante é o alimento.
?Nesse mundo habitado por muitas bactérias, costumo dizer que apenas somos o transporte e o alimento delas. O conhecimento das noções básicas de manipulação dos alimentos não é somente uma necessidade – é uma obrigação que deve fazer parte, inclusive, dos preceitos de educação da população e de orientação para nossos filhos? , definiu o Dr. Bactéria. Ele conta que o corpo humano é formado por 2 a 3 quilos de germes. No entanto, esse número surpreendente não deve nos assustar, já essas bactérias são para a nossa segurança pelo processo chamado simbiose, uma junção de dois organismos e espécies diferentes cuja a convivência gera vantagens e benefícios para ambas. ?Elas são a proteção. Impedem que outras bactérias entrem no corpo humano?, comparou.
De acordo com Maria Flávia, referência técnica em Vigilância Alimentar da Vigilância Sanitária de Alimentos da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), as más condições de produção, armazenagem, processamento, manipulação e conservação dos alimentos, são responsáveis pela DTA. ?Alimentos que são manipulados incorretamente são responsáveis pela maior parte das doenças transmitidas por eles. É importante lembrar que alimentos saudáveis podem causar DTA, por isso, conservar e manipular corretamente é imprescindível? , falou.
Para outras informações sobre intoxicação e alimentos seguros, basta ligar para o Disque Saúde 0800 61 1997 ou o Disque Intoxicação 0800 722 6001.

Um Bilhão com Fome
Com o lema Um bilhão de pessoas vive com fome crônica e eu estou louco de raiva, a campanha 1billionhungry (um bilhão com fome) disponibiliza uma petição on-line que pressiona os governos de todo o mundo a priorizarem o combate à fome em suas ações.
Até o início da tarde de ontem, 1.108.883 pessoas de diversos países haviam assinado o documento. Os interessados em participar da campanha devem firmar a petição on-line com nome, e-mail, cidade e país. Quem quiser ainda pode divulgar a campanha para os amigos e observar quantos deles aderiram à ação.
Mais informações em: http://www.1billionhungry.org/

Dicas
? Ovos não devem ser guardados na porta da geladeira. Por serem perecíveis, não podem sofrer a variação da temperatura com o abre e fecha da porta;
? Vinagre sempre deve ser guardado na geladeira;
? Não compre latas estufadas, amassadas, enferrujadas ou com vazamento;
? Confira sempre o prazo de validade dos produtos. Verifique se os rótulos estão presentes;
? Os congelados devem estar duros como uma pedra e sem sinais de descongelamento anterior;
? Nunca misture os produtos comprados, de qualquer jeito, nas sacolas;
? Procure armazenar carnes, pescados, etc., em recipientes que não deixem escorrer líquidos;
? Troque a esponja de lavar louça sempre que apresentar alterações ou odores. O ideal é que sejam bem lavadas após o uso;
? Não coloque os panos de prato ou panflex para secar em cima da pia. Prefira em local arejado;
? Tome cuidado com carnes mal passadas, ovos com gema mole (não devem ser consumidos), molhos a base de maionese, saladas cruas (especialmente as de folhas), ostras, mariscos, peixes crus (ex: sushi e sashimi);
? Para lavar verduras e legumes, coloque uma colher de sopa de água sanitária sem perfume e alvejante em um litro de água.
? Puxe a descarga com a tampa fechada. O hábito de deixar a tampa do vaso sanitário aberta faz com que os germes circulem por duas horas no ar do banheiro, podendo cair nas escovas de dente e outros locais do banheiro e se espalhar pela casa, até na cozinha.

print
Comentários