As portas do quarto de um hospital de Belo Horizonte abriram-se nessa quarta-feira (9). Deitado na cama estava Felipe Silveira, de 36 anos — conhecido como Felipe-Fiu Galo —, que luta contra um câncer há cerca de três anos. Os visitantes do dia eram personagens importantes do time do coração dele: o presidente Sérgio Coelho, o técnico Cuca, o ‘Galo Doido’, mascote do clube, e o narrador dos jogos do Atlético na Rádio Itatiaia, Mário Henrique ‘Caixa’. 

A comovente visita ocorreu em meio a manifestações de apoio nas redes sociais. Na segunda-feira (7), Felipe postou, no Twitter, sobre a situação do tumor tratado desde 2018. “Tentaram de tudo, mas, infelizmente, e com dor no coração, digo que possivelmente somente com milagre de Deus conhecerei nossa casa, Arena MRV [novo estádio do Atlético, previsto para ser inaugurado em outubro de 2022]. 

“Perspectiva de vida minha são meses. Poucos meses. Meu corpo já está querendo descansar, apesar da cabeça estar boa. Agradeço tudo que o Atlético fez por mim até hoje. Momentos pra se levar por toda eternidade. (…) Estarei em casa. Ainda verei jogos do Galo pra xingar, passar raiva, comemorar e sorrir. Por quanto tempo? Não sei, o tempo de Deus”, disse Felipe.

Mais homenagens

Para o jogo desta quinta-feira (10), contra o Remo, no Mineirão, pela partida de volta da Copa do Brasil, a torcida do Atlético fará um mosaico em homenagem a Felipe. O artista Thiago Scap fez a arte, que conta com apoio da Galoucura, principal organizada do clube. 

Fonte: Itatiaia

Imprimir
Comentários