Redação Últimas Notícias 

Neste ano Formiga registrou dois casos de zika e um de chikungunya. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).

A situação para as duas doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti é baixa no município. Em compensação, a situação na cidade para infestação de dengue é muito alta.

Segundo boletim da SES/MG, divulgado nesta segunda-feira (22), 345 casos estão em investigação, um aumento de 30 casos em duas semanas.  A taxa de incidência da doença no município passou de 390,22 para 510,81, um aumentou em 30,9%.

A taxa de incidência da doença considera não apenas o número absoluto de casos prováveis (entre suspeitos e sob investigação), mas também a proporcionalidade dos casos em relação ao tamanho da população de um determinado município.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a infestação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, está concentrada em 11 bairros: Bela Vista, Novo Horizonte, Sagrado Coração de Jesus, Alvorada, São Luiz, Nossa Senhora Aparecida, Ouro Branco, Rosa Mística, Ouro Verde, Vila Esperança e São Geraldo.

Imprimir

Comentários