Formiga sediou nesta sexta-feira (26) o primeiro módulo da Oficina de Capacitação de Conselheiros de Saúde e Criação dos Colegiados Microrregionais de Conselhos Municipais de Saúde – Formação de Agentes para o Controle Social no SUS. O encontro ocorreu na Secretaria Municipal de Saúde (Edifício Antonio Vieira), das 8h às 17 h.
A capacitação é constituída de dois módulos, onde são trabalhados temas fundamentais para o bom funcionamento dos Conselhos Municipais e Microrregionais de Saúde. Entre os temas estão: as atribuições do Controle Social através do Conselho e do Conselheiro Municipal de Saúde; a abordagem da gestão e execução da política pública de saúde; o financiamento e orçamento em saúde e a importância do planejamento estratégico situacional. Após os dois módulos, são escolhidos entre os conselheiros de Saúde aqueles que irão representar seus municípios no Colegiado Microrregional de Conselhos de Saúde e, assim, este é empossado.
Essa ação, surgida de um projeto piloto do Conselho Estadual de Saúde de Minas Gerais, e que já vem acontecendo em outras microrregiões do Estado desde 2006 em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SESMG) e a Escola de Saúde Pública de Minas Gerais (ESPMG), visa preparar os Conselhos Municipais de Saúde em relação às discussões, negociações e ações das Políticas Públicas de Saúde para que possam atuar nas microrregiões do Estado de Minas Gerais.
Segundo a Assessora de Comunicação do CESMG, Raquel Corradi Sander, a capacitação e a Formação dos Colegiados Microrregionais de controle social no SUS é uma importante ação para a consolidação do SUS nos dias atuais, que objetiva o fortalecimento da participação social no planejamento, acompanhamento e avaliação das ações microrregionais de saúde. ?Este trabalho é fundamental dentro do projeto de regionalização da Saúde, onde cada município deve compreender-se dentro de um sistema integrado com as outras cidades?, explicou Raquel

print
Comentários