O IBGE divulgou na última sexta-feira (14) as estimativas das populações residentes nos 5.565 municípios brasileiros em 1º de julho de 2009. A divulgação é feita anualmente e obedece à lei complementar nº 59, de 22 de dezembro de 1988, e ao artigo 102 da lei nº 8443, de 16 de julho de 1992.
Como ressalta a assessoria de comunicação do órgão, as estimativas populacionais são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários, pois é o parâmetro usado pelo Tribunal de Contas da União na distribuição do Fundo de Participação de Estados e Municípios (FPM), que é a principal fonte de receita da maioria dos municípios.
Região
É comum ouvir por aí que Formiga tem 70 mil habitantes, mas o IBGE constatou que o município tem 67.178 moradores. Na última estimativa, em 2008, a população formiguense era de 66.834 habitantes, ou seja, o aumento foi de 344 moradores, pouco mais de 0,5%.
Confira as estimativas populacionais em algumas cidades da região:
Arcos 36.455
Bambuí 22.622
Bom Despacho 44.265
Córrego Fundo 5.939
Divinópolis 216.099
Iguatama 7.727
Itaúna 85.838
Japaraíba 3.866
Lagoa da Prata 47.007
Pains 8.476
Pimenta 8.525
Piumhi 32.580
Samonte 25.899
População o país
Segundo as estimativas do IBGE, o Brasil tem hoje 191,5 milhões de habitantes espalhados pelas suas 27 unidades da federação e 5.565 municípios. São Paulo se destaca como a unidade da federação mais populosa, com 41,4 milhões de habitantes, seguida por Minas Gerais (20 milhões) e Rio de Janeiro (16 milhões). Nestas três unidades da federação da Região Sudeste concentram-se cerca de 40,4% da população brasileira.
Belo Horizonte é a quarta cidade no ranking das mais populosas, com 2.238.526 habitantes. As três primeiras colocadas são: São Paulo com 10.434.252 moradores; Rio de Janeiro, com 5.857.904 e Salvador com 2.443.107.
Excluindo-se as capitais, os municípios brasileiros mais populosos são Guarulhos (1,3 milhão), Campinas (1,1 milhão) e São Gonçalo (992 mil habitantes), que estão nas três primeiras posições desde de 2000. Borá (SP) continua sendo o município com a menor população do País, estimada em 837 habitantes, 42 a mais do que em 2000.
Entre os seis municípios brasileiros que, em 2000, tinham menos de mil habitantes, somente Borá e Serra da Saudade (com 890 habitantes) continuam nessa posição em 2009.
As estimativas serão publicadas no Diário Oficial da União até 31 de agosto deste ano. Até 20 dias após a publicação, os interessados poderão apresentar reclamações fundamentadas ao IBGE, que decidirá conclusivamente, para que os municípios não tenham prejuízos, já que, neste caso, quanto mais habitantes mais recursos são destinados aos municípios. Em seguida, até 31 de outubro, o IBGE encaminhará as estimativas ao Tribunal de Contas da União.

print
Comentários