Há mais de uma semana, o Corpo de Bombeiros procura pelo turista francês Eric Welterlin, de 53 anos, que desapareceu, na segunda-feira passada (16), na Serra da Mantiqueira, na divisa entre Minas Gerais e São Paulo. Novas buscas são feitas nesta terça-feira (24) com a ajuda de um helicóptero.

No domingo (22) os bombeiros chegaram a rastrear o relógio usado pelo francês para tentar encontrá-lo, mas ainda sem sucesso. Com o número de série do objeto e por meio de senhas fornecidas por familiares, os bombeiros descobriram que em 2014 o francês fez o mesmo trajeto que fazia na segunda, quando desapareceu.

A hipótese é que ele tivesse repetido o caminho. Foram feitas buscas pelo mesmo trajeto feito pelo turista em 2014, mas ele ainda não foi encontrado. Nessa segunda-feria (23), os bombeiros fizeram buscas por trilhas na serra.

Histórico

Casado com uma brasileira e morador de Itajubá, no Sul de Minal,  Welterlin estava acostumado a participar de competições de corrida em montanhas fora do Brasil.

No dia 16 ele teria saído para treinar com equipamentos mínimos de sobrevivência: uma jaqueta impermeável, um cobertor de emergência e uma head-lamp (dispositivo de luz na cabeça).

 

 

Fonte: O Tempo ||

Imprimir

Comentários