O tempo seco e o calor estão com os dias contados na maior parte de Minas Gerais. A previsão do Centro de Climatologia MG Tempo/Cemig/PUC Minas é de chuva para o fim semana e temporais à tarde, a partir de sexta-feira. Uma frente fria já está se formando no litoral Sudeste, em São Paulo e Rio de Janeiro. As regiões do Sul de Minas, Zona da Mata e Região Metropolitana de BH (RMBH) serão as áreas com mais alterações no clima. Sombrinha, guarda-chuva e muita cautela durante as tempestades serão necessários para enfrentar as precipitações.
O especialista e meteorologista Ruibran dos Reis explica que as áreas de instabilidade que atuam sobre o Sudeste brasileiro favorecem o aumento da nebulosidade e há previsão de chuva em todo Centro-Sul e Oeste do estado. No entanto, o ar seco ainda vai prevalecer no Norte de Minas. Ele avisa que as pancadas serão típicas de verão, geralmente, no fim da tarde.
?Serão rápidas e com muita intensidade. Ou seja, em pouco tempo, muita água vai precipitar e é aí que mora o perigo?, observa. O meteorologista acrescenta que a atmosfera é muito dinâmica e as alterações entre períodos chuvosos e de muito calor são normais na primavera, principalmente com a proximidade do verão. ?Neste mês, as chuvas vão se intensificar e temporais no final da tarde serão mais comuns a partir da semana que vem?, diz.
Enxurradas
Evitar atravessar enxurradas e procurar lugares seguros são alguns dos cuidados que a população deve ter. ?Durante os temporais, o risco de haver inundações é muito grande. E o nível da água sobe com muita rapidez. É preciso evitar correntezas e ficar próximo a bueiros?, afirma Ruibran. A chuva para o fim de semana é bem-vinda para o engenheiro Felipe Batista Lopes, de 27 anos. Ele diz que o calor está incomodando muito e, por isso, quanto mais São Pedro ajudar, melhor. ?Está muito quente. E, para piorar, o clima está seco. Prefiro temperaturas amenas e conto os minutos para a chegada da chuva.?
A empregada doméstica Odete Joana Pereira, de 45, mora em Ribeirão das Neves, na Grande BH, e não pensa do mesmo jeito. ?Eu amo calor e me viro bem com banhos de água fria e muito suco. Mas a chuva pode vir, pois estou sempre com sombrinha na bolsa. Além disso, tenho cuidado quando estou na rua. Quando chove forte, ando sempre em lugares onde posso enxergar o chão. Tomo todas as precauções para evitar acidentes?, diz. A comerciante Rosa Neves, de 38, fala o mesmo: ?Quando chove, fico quieta onde estiver. Procuro um lugar seguro e fico paradinha, igual gato?, conta.

Imprimir
Comentários