O jornal flagrou na segunda-feira (19), em frente sua sede, funcionários da Prefeitura realizando podas em árvores na  rua Newton Pires, sem o uso dos  Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Os funcionários estavam sem luvas, sem capacetes, sem óculos de proteção e calçavam tênis, ao invés das botas de borracha indicadas. Além disso, a escada utilizada no serviço não é a indicada e os servidores não usavam cinto de segurança, obrigatório, durante a poda.

epi 2

Para obter informações sobre essas irregularidades, o jornal entrou em contato com a Prefeitura e recebeu a seguinte nota da Secretaria de Comunicação: “É distribuído EPI. Entretanto, os servidores reclamam que, em face da temporada de calor, o uso do EPI torna desconfortável o serviço, principalmente as calças de malha”.

A Prefeitura explicou ainda, que a administração não possui Comissão Interna de Prevenção de Acidentes desde 2011, quando os servidores celetistas passaram a ser estatutários e a obrigação de fiscalizar e zelar pela segurança dos funcionários passou a ser de cada secretaria municipal. No caso registrado pelo jornal, o secretário de Gestão Ambiental, Jorge Zaidam, garantiu que endurecerá a fiscalização e pretende exigir o uso dos equipamentos.

 

A Prefeitura não se manifestou sobre as medidas adotadas pela administração em caso de acidentes sem o uso dos equipamentos e nem se pretende adotar medidas que exijam o uso dos EPIs. 

Redação do Jornal Nova Imprensa

Imprimir
Comentários