Entre os dias 21 e 24 de junho, várias etapas do Centro de Estudos, Pesquisas e Educação Continuada (Cepec Setorial) foram realizadas na Santa Casa de Formiga. Os encontros têm como objetivo promover o aperfeiçoamento dos funcionários, possibilitando melhorias no atendimento e no desenvolvimento dos procedimentos realizados no hospital, garantindo mais segurança a colaboradores e clientes.
Uma das palestras promovidas abordou o tema ?Atualização dos procedimentos de segurança pessoal ? Implantação da NR-32?, cujo responsável foi o técnico em segurança do trabalho, Alexandre Neves. Durante sua apresentação, Alexandre ressaltou a importância de todos os colaboradores cumprirem as normas determinadas pela Vigilância Sanitária, além de sempre utilizarem e cuidarem dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI?s), que garantem mais segurança ao trabalhador.
Segundo o técnico, o treinamento e orientação sobre Segurança e Saúde Ocupacional faz parte do cumprimento das Normas Regulamentadoras expedidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Em especial, a NR-32, que trata, exclusivamente, da Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde e à qual a Santa Casa vem se adequando para estabelecer as diretrizes básicas para a implementação de medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores do serviço de saúde, bem como daqueles que exercem atividades de promoção e assistência à saúde. Tudo isso proporciona aos funcionários da Instituição melhorias das condições de trabalho e preservação da saúde ocupacional, comprovando que a Santa Casa cuida da saúde de quem promove a saúde da comunidade.
As equipes de enfermagem do Pronto Socorro e do Atendimento foram instruídas pela coordenadora do atendimento, Danusa Rabelo Ferreira Fontes, pela assistente administrativo, Norma Lúcia Ribeiro de Sousa, e pelas psicólogas Luciane Saporetti e Fernanda Bitencourt, que falaram sobre ?Atualização dos procedimentos administrativos no Pronto Socorro?. As apresentações alertaram os colaboradores para as mudanças burocráticas realizadas nos setores e também para a importância do registro correto das informações durante os atendimentos.
Ao final das apresentações, os participantes puderam discutir, junto aos responsáveis, dúvidas e sugestões

Imprimir
Comentários