Os últimos dois anos estão sendo marcantes para o futebol mineiro. Em 2013, o Atlético conquista a Libertadores de forma histórica. O Cruzeiro não deixa por menos e fatura o Brasileirão. Em uma rivalidade marcada por vários confrontos regionais, faltava uma grande decisão de um título expressivo. Não falta mais. Com as épicas classificações de Galo e Raposa, a final da Copa Brasil terá o embate das cores azul, preta e branca. Uma mistura que promete fortes emoções.
O encontro destes gigantes chegou a ser adiado por várias vezes. Em 2000, pela Copa do Brasil, o Cruzeiro e Atlético também chegaram às semifinais, mas somente a Raposa continuou a caminhada e chegou ao tricampeonato. No ano passado, o duelo pelas quartas de final do mesmo torneio também poderiam ter marcado o esperado confronto, mas os dois times caíram nas oitavas. Até mesmo na Libertadores deste ano, havia a esperança de os dois rivais se enfrentarem. Com o Galo sendo eliminado nas oitavas, e o Cruzeiro nas quartas, mais uma vez foi uma tentativa frustrada.
Viajando mais longe no passado, em 1987, a Copa União poderia ter sido decidida pela dupla mineira, mas Flamengo e Internacional acabaram com o sonho. Somente em 1999, os dois times se enfrentam em um duelo decisivo em nível nacional. Pelas quartas de final do Brasileirão, o Atlético eliminou o Cruzeiro da disputa.
Reformado para a Copa do Mundo, o Mineirão, na próxima quarta (12) e no dia 26 (datas das finais) promete ficar pequeno para tanta história, rivalidade, lágrimas, emoções e expectativa por um encontro tão colossal.

print
Comentários