É grande a lista de desfalques do Atlético para o jogo com o Corinthians, no próximo domingo (16/08), às 16h, no Pacaembu. O zagueiro Welton Felipe e os volantes Jonílson e Serginho receberam o terceiro cartão amarelo no empate com o Palmeiras, em 1 a 1, na última quarta-feira, no Mineirão.
O lateral-direito Carlos Alberto e o lateral-esquerdo Wellington Saci, ambos emprestados pelo Corinthians, também não poderão atuar, por causa da existência de uma cláusula contratual.
Dessa forma, essas cinco ausências se somam a outros jogadores que já estavam impedidos de atuar, casos do também volante Márcio Araújo, do goleiro Aranha, do meia Evandro e do atacante Alessandro, todos contundidos.
A boa notícia é a volta do artilheiro atleticano Diego Tardelli, que jogou pela seleção brasileira na vitória sobre a Estônia e que poderá comandar o ataque do alvinegro mineiro. ?É a primeira vez que nós ficamos nesta situação. Outros times já enfrentaram isso. Vamos ter cinco jogadores, sem contar com os que já não jogaram. Mas esta situação todos tem de passar, o Atlético tem de passar, os outros já passaram?, comentou o técnico Celso Roth.
O treinador admite que uma vitória sobre o Palmeiras seria importante para o jogo contra o Corinthians. ?Isso já é passado, já não interessa mais. A vitória nos daria uma tranquilidade maior, daria, mas não conseguimos, avaliou.
Segundo ele, é difícil jogar contra o Corinthians em qualquer lugar. ?Mas temos de jogar. Vamos ver o que temos e depois vamos montar o time?, comentou o técnico do Atlético.
O volante Jonílson, que jogou várias partidas pendurado com dois amarelos, lamentou a suspensão. ?Fico triste, sou um jogador que não gosta de ficar de fora nem de treino, imagina de jogo. Fico bastante chateado, mas eu sabia que uma hora ou outra isso iria acontecer, até porque eu sou jogador de defesa, e tenho de ficar correndo atrás dos atacantes e os cartões são normais?, analisou.

print
Comentários