Gemas e rochas ornamentais pesquisadas no Laboratório de Mineralogia do Unifor-MG são utilizadas em joias formiguenses.

Há ocorrências no município de Formiga de ametista zonada, sílex vermelho, quartzo com inclusões cloríticas, quartzo enfumaçado, quartzo hialino, quartzo com inclusões de epídoto e bissolita.

De acordo com o coordenador do laboratório, professor Anísio Cláudio Rios Fonseca, as amostras receberam nomes provisórios. São eles: Gabro porfiríticos saussuritizado e uralitizado-Anort, por conter o mineral anortita; Gabro saussuritizado e uralitizado- Timbor, pela ocorrência no sinforme Timboré e sua semelhança com o quartzo olho de tigre.

De acordo com Anísio, a lapidação foi feita por Marcos César, do Garimpo do Beija-flor. “É muito bom poder contar com o apoio de profissionais na realização de projetos”, disse.

Imprimir

Fonte:

Unifor-MG