O médico Geraldo Antunes Magela Couto, ex-interventor da Santa Casa de Caridade de Formiga, foi o último a prestar depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades no contrato de gestão da Unidade de Pronto Atendimento Padre Roberto (UPA 24 horas), celebrado entre a Prefeitura de Divinópolis e a Santa Casa em 2014.

De acordo com a porta-voz da comissão, Janete Aparecida (PSD), o médico prestou depoimento no dia 13 deste mês, antes do recesso parlamentar. Com a oitiva de Geraldo Couto, a CPI caminha para o encerramento.

A comissão chegou a solicitar a condução coercitiva do ex-interventor da Santa Casa de Formiga, mas a Justiça negou o pedido. No final de junho, o médico entrou em contato com os membros da comissão e se dispôs a prestar depoimento. O médico informou que não estava morando em Formiga e, por isso, não havia comparecido antes.

Segundo a vereadora, os membros da CPI estão agora analisando os documentos e elaborando o relatório, que será apresentado à população na segunda quinzena de agosto. Conforme informou Janete, apenas Davi Maia, ex-secretário municipal de Saúde, não foi encontrado pela comissão para prestar depoimento.

Pollyanna Martins – Portal Agora

 

 

 

Imprimir

Comentários