Membros da Comissão Intergestora Regional da Microrregião de Formiga (CIR Formiga) reuniram-se em Córrego Fundo, na quarta-feira (5), na sede da Prefeitura, para discutirem ações que visem melhorar o atendimento na saúde.
Durante o evento, o coordenador do Programa de Educação Permanente (PEP) da Macro Oeste, Rodrigo Chávez Penha pontuou sobre a necessidade de investir e participar de capacitações dos profissionais da saúde. Ele é professor de medicina da Universidade Federal de São João del-Rei, campus Divinópolis, e responsável por orientar o aperfeiçoamento dos que prestam cuidados, em saúde, à população.
Após a apresentação do coordenador, foram discutidas questões relativas ao credenciamento de alta complexidade de serviços hospitalares em Formiga. E outras discussões relativas à regulação; redes de atenção à saúde; de vigilância epidemiológica ambiental e saúde do trabalhador; atenção primária de saúde; gestão da microrregional; vigilância em saúde; assistência farmacêutica.
Em Córrego Fundo, a reunião teve a participação de representantes pelas cidades de Pimenta, Pains, Medeiros, Córrego Danta, Formiga e pela a anfitriã do encontro, todos integrantes da Comissão. As reuniões ocorrem, mensalmente, em cada município membro do CIR e são organizadas pela Superintendência de Saúde, sediada em Divinópolis.
Atividades da CIR
Em 2011, por meio do decreto nº 7.508, a legislação conhecida como Lei Orgânica da Saúde foi regulamentada. Através dela, ficou definida a criação das comissões intergestoras Tripartite (CIT), Bipartite (CIB) e a Regional (CIR). A primeira é vinculada à União, a segunda, à Secretaria de Estado de Saúde, e a terceira compreende os municípios de uma determinada região. No caso da CIR Formiga, esta é constituída, também, além dos municípios que participaram do encontro em Córrego Fundo, por Iguatama e Bambuí.

print
Comentários