O governador Aécio Neves e o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, participaram da solenidade de assinatura de termo de compromisso para a Copa de 2014, em Brasília na quarta-feira (13).
O documento ?Matriz de Responsabilidades? é um pacto de cooperação que define os encargos e os cronogramas de cada ente federativo na realização das obras de mobilidade urbana, de estádios e seus entornos, das proximidades de aeroportos e de terminais turísticos portuários.
O governador Aécio Neves voltou a pedir uma definição do governo federal sobre investimentos para a ampliação do metrô de Belo Horizonte e do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins.
?Já fizemos todos os possíveis e aguardamos por parte do governo federal a manifestação em relação ao metrô e em relação aos aeroportos, ao nosso Aeroporto Internacional Tancredo Neves. Não há ainda uma previsão objetiva de investimento na duplicação do terminal 1, portanto, a criação do terminal 2 para mais 7 milhões de passageiros, e não há também a definição de recursos para o metrô. Mas esperamos que o governo possa se manifestar o mais rapidamente possível?, disse.
Aécio Neves lembrou que o Governo de Minas e a Prefeitura de Belo Horizonte chegaram a apresentar uma proposta de parceria público-privada (PPP) para agilizar a ampliação do metrô de Belo Horizonte.
?Nós apresentamos a proposta, inclusive, de uma parceria público-privada à Casa Civil, e, infelizmente, não houve ainda manifestação formal de como conduzir a questão do metrô, que ao lado do aeroporto internacional, são os dois grandes gargalos, não só para a Copa do Mundo, mas para o desenvolvimento adequado de Belo Horizonte e do Estado de Minas Gerais?, disse Aécio Neves.
Marcio Lacerda
O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, fez pronunciamento em nome dos prefeitos, durante a solenidade em Brasília. Ele destacou a parceria entre a prefeitura e o Governo de Minas nas obras que visam dotar a capital mineira de infraestrutura necessária para a Copa de 2014. Ele citou a obra de alargamento da avenida Antônio Carlos, que liga o centro de Belo Horizonte à região da Pampulha, onde está o estádio Mineirão.
?Governo do Estado e prefeitura trabalham em perfeita sintonia, e com muita boa vontade, para construir, concluir até março a segunda etapa da duplicação da principal avenida de acesso ao Mineirão, com investimento conjunto de R$ 250 milhões. E aqui aproveito para agradecer ao governador Aécio Neves a constante cooperação com a prefeitura de Belo Horizonte?, disse Marcio Lacerda.
Mineirão
Aécio Neves disse que o Governo de Minas continua trabalhando para que o estádio Magalhães Pinto (Mineirão) possa sediar a partida de abertura da Copa de 2014. Segundo ele, Minas Gerais será o primeiro Estado a cumprir 100% das exigências da FIFA.
?O Mineirão está fazendo a sua parte. Entregaremos o Mineirão totalmente reformado e cumprindo 100% das exigências da FIFA, acho que antes de qualquer outro estado. E obviamente, o Mineirão quer ter um papel de destaque nessa Copa do Mundo, que pode ser a abertura ou outro papel que a FIFA definir. Mas o Mineirão estará em condições de pleitear inclusive a abertura dos jogos?, disse o governador.

Imprimir
Comentários