A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) paga, a partir desta  sexta-feira (22), a segunda parcela de R$ 600 do auxílio emergencial  mineiro. Os beneficiados dessa vez serão os nascidos em janeiro e fevereiro, do grupo não prioritário.

Essa é a terceira iniciativa de transferência de renda do Governo de Minas Gerais para minimizar os impactos provocados pela crise sanitária  econômica provocada pela pandemia de COVID-19.

De acordo com a contabilidade oficial, mais de 69 mil beneficiários serão pagos hoje, com repasse de mais de R$ 41 milhões.

Recebem, nesta etapa, pessoas inscritas no CadÚnico até o dia 22 de maio de 2021, com renda per capita de até R$ 89. O pagamento desta segunda rodada vai até o dia 29 de outubro, contemplando mais de 450 mil pessoas.

Auxílio

O Auxílio Emergencial Mineiro é um benefício financeiro temporário destinado às famílias que se encontram em situação de extrema pobreza, como medida excepcional de enfrentamento às consequências econômicas e sociais da pandemia.

O Auxílio foi instituído pela Lei 23.801/2021, de iniciativa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Fonte: Estado de Minas

print
Comentários