As águas de Furnas estão indo para o Tietê e o Paraná, graças à omissão do governo de Minas. Há quem se lembre do governador Itamar Franco, que chegou a ameaçar com o desvio do Rio Grande para evitar o perigo maior da época, a privatização de Furnas. Agora, graças à omissão do governo mineiro, o perigo é outro, como mostram as imagens feitas nesta sexta-feira por um dos “fiscais” do doce mar de Minas.

O governador Romeu Zema precisa comprar essa briga com as agências reguladoras das águas para evitar o pior. Há dezenas de empreendimentos turísticos naquela região, onde se localizam 34 municípios, de forma que se Zema não socorrer a região, certamente os candidatos que ele apoiar naquela área poderão ser derrotados por que é grande a revolta do descaso do governo com Furnas e o seu majestoso lago – o Mar de Minas. É no mínimo estranha a paralisia do governo mineiro em relação a Furnas.

Fonte: https://www.blogdolindenberg.com.br/

Imprimir
Comentários