O governo federal quer mexer no programa Bolsa Família. A intenção é introduzir o conceito dignidade, segundo publicou o jornal “O Globo”.

Há também o desejo de trocar o nome do projeto para “Bolsa Dignidade”, no entanto, isso não é unanimidade. Há uma ala do governo que acredita que pode haver repercussão negativa, ainda mais em ano eleitoral.

Outro ponto em discussão é a de pagar um adicional de R$ 20 para os beneficiários que realizarem trabalho voluntário.

Outra proposta é de reajustar o Bolsa Família para repor a inflação e mais parte do aumento do preço do botijão de gás. Isso seria uma forma de compensar o impacto da alta do produto no orçamento da população mais pobre.

A missão do ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, é apresentar a proposta ainda em março para o presidente Michel Temer. Isso para que possa pagar em um mês.

 

Fonte: O Tempo Online||

Imprimir

Comentários