O Governo de Minas Gerais publicou no Diário Oficial de sábado (12) uma nova lista de nomeações contendo 1.974 profissionais para atuarem exclusivamente nas escolas da rede estadual de ensino. A lista contempla servidores da educação aprovados nos concursos públicos regidos pelos seguintes editais: 01/2011, 03/2014, 05/2014 e 04/2014.

Do edital 01/2011, foram nomeados 1.146 professores regentes de aula. Do edital 03/2014 foram nomeados 41 professores de Ensino Religioso (PEB) e do edital 05/2014 foram nomeados 213 professores para a Educação Especial. Já do Edital 04/2014 foram nomeados 574 professores regentes de aulas.

Desde o início da gestão, já foram nomeados 37.048 servidores, sendo 15.038 em 2015 e 22.010 em 2016.

Confira aqui a lista com as nomeações.

Edital 01/2011

O concurso de Edital 01/2011 ofereceu 21.377 vagas para os cargos das carreiras de Professor da Educação Básica, Analista Educacional, Especialista em Educação Básica, Assistente Técnico Educacional e Assistente Técnico da Educação Básica. Todas as vagas constantes do edital e para as quais houve candidatos classificados forma preenchidas entre os anos de 2012 e 2014. Já as nomeações realizadas em 2015 e 2016 são de candidatos excedentes.

Para o cargo de professor regente de turma, que teve homologação publicada no dia 30/01/2013, o concurso permanecerá vigente até o dia 30 de janeiro de 2017. Já para os demais cargos, que tiveram homologação no dia 15 de novembro de 2012, a vigência do concurso findou em 15 de novembro de 2016.

Exames admissionais

Uma vez publicada a nomeação, o aprovado deve submeter-se a exame médico pré-admissional, a ser realizado pela Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional (SCPMSO), da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). As perícias são realizadas em unidade central ou unidades regionais da Superintendência. A listagem com data e horário de perícia será divulgada no site da Seplag. É de responsabilidade do candidato acompanhar o cronograma de realização dos exames no site da Seplag.

 

Fonte: Segov MG ||

print

Comentários