Manifestantes do Greenpeace se posicionaram em frente ao Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (26), com uma baleia inflável e uma mensagem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva: Lula, desencalhe o santuário, referindo-se à criação do Santuário de Baleias do Atlântico Sul. O presidente, no entanto, não pôde presenciar a manifestação porque está no Rio de Janeiro.
Seguranças e policiais militares pediram para os manifestantes retirarem a baleia inflável do local e ajudaram a empurrá-la para o outro lado da pista. Em alguns momentos, os manifestantes gritaram em coro salvem as baleias.
Segundo a coordenadora do projeto, Leandra Gonçalves, os manifestantes pretendem levar ao presidente Lula e ao ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, uma petição com mais de 13 mil assinaturas pedindo que o tema seja assunto da agenda presidencial. Queremos que o presidente Lula faça uma gestão diplomática com os países favoráveis à caça de baleias na reunião da Comissão Internacional da Baleia.
Leandra Gonçalves explicou que, na última semana de junho, acontece no Chile a reunião da Comissão Internacional da Baleia, que reunirá mais de 73 países para discutirem o futuro das baleias em relação à caça. Somos porta-vozes da população para a criação do santuário e a manutenção da moratória da caça comercial, proibida há 20 anos, ressaltou.

print
Comentários