Com a Gripe A, cada vez mais aumenta a procura pelo álcool em gel. Drogarias e supermercados estão tendo dificuldades em repor o produto. Com a volta às aulas e devido à nova gripe, esse e outros produtos, antes pouco procurados, se tornaram itens da lista de material escolar.
Segundo lojistas, os produtos ?desaparecem? assim que expostos nas prateleiras. ?Está difícil receber, porque os fabricantes estão tendo dificuldade na fabricação?, afirma o gerente de uma drogaria. O estoque das farmácias e supermercados são repostos e acabam no mesmo dia.
?Se repuser hoje, acaba hoje. Se repuser cem, vende cem. Se repuser 300, vende 300?, conta o lojista. ?A gente passa o dia inteiro ouvindo o pessoal perguntando se tem?, afirma.
O preço da unidade de 50 gramas do gel antisséptico varia de R$ 4,50 a R$ 5,99. O frasco de 240 gramas vai de R$ 14,99 a R$ 19,99.
Em Formiga
Nos principais supermercados da cidade, a procura pelo álcool em gel não é diferente das demais cidades do país. Em um estabelecimento contatado pela redação nesta manhã (18), o produto está em falta desde a semana passada. Segundo a atendente, até mesmo a previsão de entrega dos fornecedores está sendo difícil. ?Na tarde desta segunda- feira(17), os produtos eram para serem entregues aqui no supermercado, mas até agora isso não ocorreu? , conta.
Em outro supermercado, o gel também está em falta. A previsão é de que o produto seja entregue esta semana. Já em algumas farmácias da cidade, o antisséptico também está em falta e não há previsão para reposição dos estoques.

Imprimir
Comentários