De janeiro a agosto de 2016, 175 pessoas morreram de gripe em Minas Gerais, segundo o balanço divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nessa quinta-feira (19). Neste ano, foram confirmados 479 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), causados pelo vírus Influenza.

A maioria das mortes (121) foi causada pelo vírus Influenza A, o H1N1. Entre as vítimas está um morador de São Paulo que foi atendido em Belo Horizonte. Outras 48 mortes foram causadas pelo Influenza A não subtipado, três por Influenza B – de um morador de São José dos Campos (SP), atendido em Paracatu, Noroeste de Minas Gerais, além de três mortes não classificadas. Isso porque nestes casos não foi possível realizar o exame laboratorial, mas houve vínculo epidemiológico com pessoas que tiveram Influenza.

Das mortes por H1N1, oito ocorreram em Belo Horizonte, cinco em Contagem, na Grande BH, e outras cinco em Campo Belo.

A Secretaria de Estado de Saúde ainda aguarda o resultado dos exames em 84 pacientes que morreram. Até o momento, foram registrados 4.114 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, 479 por Influenza.

 

Fonte: Estado de Minas||http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2016/08/19/interna_gerais,795490/gripe-ja-matou-175-pessoas-neste-ano-em-minas-gerais.shtml

print

Comentários