Lorene Pedrosa*

Em visita a Formiga por ocasião ocasião das férias de fim de ano, os MCs Roy e Formiga do grupo Convicção do Rap bateram um papo com a equipe do portal Últimas Notícias sobre a ida dos dois formiguenses para Belo Horizonte para dar fôlego à carreira e sobre os planos para o futuro.

Na capital mineira há quatro anos, Júnior Francisco de Alcântara, de 26 anos, o MC Formiga e Tiago Jesus Alcântara, de 24, o MC Roy conseguiram viver da arte e ter mais portas abertas para o rap, um estilo musical que nasceu nos Estados Unidos da América, no final do século XX, e é marcado por improvisações poéticas e rimas apresentadas por meio de discurso, com letras contra desigualdades e lições de vida.

O diferencial do grupo Convicção do Rap está no fato dos irmãos serem cristãos e focarem suas letras em palavras de ânimo e da transformação da vida dos que encontram a Cristo.

“No interior é complicado viver da música, ainda mais do rap, em especial no ambiente das igrejas onde esse estilo não é bem aceito. Mas em Belo Horizonte muitas portas se abriram para nós e hoje nos apresentamos quase que semanalmente em igrejas, centros de recuperação e eventos seculares”, comentou MC Formiga.

Os irmãos que hoje vivem de ensinar a arte da dança do hip hop também dão palestras para alertar jovens sobre os riscos do uso de drogas.

O grupo agora prepara o terceiro álbum e ainda neste mês gravará a música “Brasil de

poucos” que será lançada juntamente com o clip da música. “A verdade é distorcida e nós acreditamos. Às vezes temos fé só no que enxergamos”, diz a letra composta por MC Roy.

O primeiro álbum do grupo não ganhou um nome, já o segundo, cujos clipes de alta qualidade podem ser vistos no Youtube, ganhou o nome de “Rua W”. A via onde os jovens viveram em Formiga fica no bairro Jardim Montanhês e marcou a vida dos irmãos que decidiram contar nas músicas sobre a vida deles aqui e toda a mudança e oportunidades que tiveram com a ida para Belo Horizonte.

“Queremos continuar levando a nossa música e vivendo dela. Gostamos da nossa terra natal, mas somos agradecidos a Deus pelas novas oportunidades que vieram com a nossa mudança. Agora é seguir em frente!” encerrou MC Roy.

IMPRIMIR