Ao todo foram três meses de atividades, seis eventos realizados e muito, muito trabalho que culminou, no último dia 7, no show de uma das personalidades formiguenses mais conhecidas no país: o Padre Fábio de Melo. Esse é o resumo das ações do Grupo SOS Santa Casa, montado no mês de março, composto por 12 mulheres que se prontificaram a organizar e promover eventos e meios de arrecadação de dinheiro e doações em prol da Santa Casa da cidade, que está em crise e sob intervenção judicial desde o fim de 2014.

Além da abertura de uma conta corrente, onde a população pôde doar qualquer quantia, cujos valores não chegaram a R$5 mil, contando com doações de paróquias da cidade e da Igreja Batista Vale das Bençãos, o grupo mobilizou a cidade e milhares de itens que estavam em falta, foram doados à entidade como: fraudas geriátricas e infantis, um grande volume de remédios doados pelo laboratório Teuto do Brasil, copos descartáveis, papel tolha, luvas e garrafas térmicas, pratos de cerâmica, etc., produtos que em valores médios ultrapassam R$40 mil.

A maior fonte de arrecadação do grupo foi mesmo os eventos, que possuem gastos, levando a diminuição dos lucros. Os valores arrecadados com o jantar Gourmet, realizado no Chico Cozinha & Bar, a Quinta Solidária que ocorreu no Absoluto, a festa Celebration, realizada no Doma em Arcos, a Cavalgada e o show do Padre Fábio feito em parceria com a Bezz Eventos e Sindicato Rural, somados às doações em conta e a venda de 8 mil, dos 11.174 litros de óleo de cozinha recolhidos no show do dia 6 de junho (venda feita com a autorização do Ministério Público e Administração Fazendária) somaram um total de R$93 mil.

Os 3.147 litros de óleos restantes foram distribuídos para 12 entidades da cidade. A Santa Casa recebeu 2 mil litros, o que segundo a administração é o equivalente ao gasto de um ano do hospital, e o restante foi divido entre: Asilo São Francisco, Missão Marta e Maria, Apromid, Casa de Recuperação Divina Misericórdia, Casa de Recuperação Narcc, Mão Amiga, Tatame do Bem, Centro Espírita Lázaro, Centro Espírita Irmão José, Centro Espírita Amigos de Jesus, Pastoral Social Padre Clemente.

sos 1

“Agradecemos toda a população que colaborou doando e comparecendo aos eventos. Sabemos que o país vive um período de crise e que muitos optaram por não colaborar devido às questões que levaram a Santa Casa a essa crise. Não nos faltou disposição e empenho na realização de nenhum dos eventos que envolveram ainda, nossos familiares e amigos, por isso estamos gratas pelo resultado obtido”, disse a assessora do grupo, Lorene Pedrosa.

Uso dos recursos arrecadados

Após a contabilização dos gastos e do lucro obtido pelo grupo e a permissão do Ministério Público, os R$93 mil serão utilizados na reforma da cozinha da Santa Casa que hoje se encontra em péssimas condições, apesar do esforço dos funcionários.

A reforma será feita com o auxílio do engenheiro Mauri Castro, que se prontificou ajudar e da arquiteta Maria Cláudia Senna. Além disso, serão trocados equipamentos e utensílios da cozinha.

Festa de São Cristóvão

Os membros do grupo SOS Santa Casa encerrarão suas atividades com o evento pelo Dia de São Cristóvão, que ocorrerá no dia 26 de julho. Em parceria com o grupo Manipulados do Trecho, organizador da festa de São Cristóvão, a presidência da comunidade de Papagaios e o Sest/Senat, o grupo auxiliará na realização do evento, quando serão recolhidos alimentos não perecíveis que serão posteriormente doados para a Santa Casa.

 Será realizada uma carreata saindo do Posto Prodoeste até a comunidade de Papagaios. Após a carreata, haverá Missa, um delicioso almoço e churrasco.

Lorene Pedrosa

print
Comentários