A Fundação Hemominas fará amanhã o cadastro de candidatos à doação de medula óssea na cidade de Bambuí. A ação será no CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica), na Fazenda Varginha, Km 5 da rodovia Bambuí ? Medeiros, entre os horários de 8h e 21h.
Na campanha, a equipe da Hemominas, em parceria com o CEFET, espera cadastrar cerca de mil candidatos à doação de medula óssea no Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea).
Para quem se interesse em se candidatar, é necessário apresentar documento oficial de identidade com foto, preencher os formulários para o cadastramento, ter entre 18 e 55 anos, boa saúde e não apresentar doenças infecciosas ou hematológicas.
O candidato recebe todos os esclarecimentos sobre o processo de doação e, em seguida, é colhida uma pequena amostra de sangue (de 5ml a 10ml), que será submetida ao exame de classificação da medula. O resultado dos exames serão incluídos no Redome, coordenado pelo Laboratório de Imunogenética do Inca (Instituto Nacional do Câncer).
No momento da coleta da amostra de sangue a pessoa assina um Termo de Consentimento com orientações sobre o que é o transplante de medula óssea e fica ciente de que: o candidato à doação de medula óssea deve encontrar-se em bom estado de saúde e o resultado dos exames de compatibilidade não estará disponível ao doador. Quando surgir compatibilidade do candidato com algum dos pacientes que aguardam o transplante, novos procedimentos vão garantir a efetivação da doação.

print
Comentários