A Polícia de Meio Ambiente se deslocou até a rua Manoel Justino Nunes, no Centro de Formiga, nessa segunda-feira (13), após uma denúncia sobre um cativeiro irregular de pássaros silvestres que estariam sendo traficados.

O dono da casa autorizou a entrada dos policiais que encontraram 38 pássaros da fauna silvestre brasileira sem anilhas e oito anilhados. Foram apreendidas ainda, 44 gaiolas, além de duas transportadoras.

Os materiais e pássaros foram encaminhados para o Centro Veterinário de Acolhimento e Guarda de Animais do Unifor-MG, para avaliação do médico veterinário.

Foi apresentada uma lista com dez passeriformes da espécie popularmente conhecida por trinca ferro, destes, apenas 4 estavam na residência do homem, os outros seis extraviaram e nenhuma informação foi repassada ao órgão competente SISPASS do IEF.

O indivíduo foi preso em flagrante e conduzido até a presença da autoridade de Polícia Judiciária, onde assinou um TCO e foi liberado.

Os pássaros anilhados serão, posteriormente, encaminhados ao Cetas de Belo Horizonte, bem como aqueles que não apresentarem condições mínimas de retorno ao habitat natural.

Como medida administrativa foi lavrado o AI nº 86.525/2017 no valor de R$50.954,71. Providências adotadas: Lavratura do Auto de Infração e registro do Reds nº 2017-034651374-001.

A Polícia de Meio Ambiente solicita o apoio da população com intuito de identificar os criadores irregulares de pássaros que atuam na região, repassando as informações para o 3º Pelotão de Meio Ambiente, pelo telefone: 3322-1454, ou, pelo DDU – 181.

(Fotos: divulgação Polícia Militar Ambiental)

IMPRIMIR
Fonte:

Polícia Militar Ambiental