Redação Últimas Notícias 

A Polícia Militar de Meio Ambiente de Formiga recebeu denúncia sobre crimes relacionados a maus-tratos de animais, com veiculação em redes sociais de imagens relacionadas à castração mecânica de dois cães, com uso de uma faca de cozinha, sem anestesia.

Foi identificado o local onde ocorreu o crime e cumprido um mandado de busca e apreensão. As equipes do 2º Pelotão da 7ª Companhia de Meio Ambiente, em parceria com uma equipe do Codevida, compareceram na residência do homem de 42 anos, na zona rural de Gonçalves.

 

Nas buscas, foram identificados dois cães de raça pastor alemão. O suspeito realizou a castração mecânica com uso de uma faca de cozinha não esterilizada, sem uso de anestesia ou outros medicamentos na retirada dos testículos dos animais. O fato foi confirmado pelo homem e por imagens postadas em redes sociais.

Um terceiro cão foi identificado com problemas em uma das patas traseiras e vários ferimentos pelo corpo.

Na residência, foram localizados e apreendidos os seguintes materiais: uma faca, dois potes com porções de substâncias entorpecentes semelhantes à maconha, uma arma de pressão e munições tipo chumbinho que foram encaminhados para a delegacia.

O aparelho celular que o suspeito teria usado para fazer as imagens e vídeos das castrações que confirmam a autoria dos crimes foi encaminhado para perícia.

Os cães foram recolhidos pela equipe do Codevida e foram encaminhados para o centro de tratamento aos cuidados de médicos veterinários. O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia.

Para o êxito da ação, os policiais contaram com o apoio da Coordenadoria de Defesa da Fauna (Cedef), Promotoria de Meio Ambiente, Poder Judiciário e Codevida, além de cidadãos conscientes da importância da proteção à vida animal.

Está previsto na Lei 9.605/98, no seu artigo 32, o crime de maus-tratos a animais, com pena aplicável a caso em questão, superior a dois anos de prisão.

A PMMG conta com o apoio da população com intuito de identificar autores de crimes ambientais nos municípios da região, repassando as informações para o 2º Pelotão PM de Meio Ambiente, por meio do Disque Denúncia 181 ou telefone (37) 3322-1454.

IMPRIMIR