Na tarde desta sexta-feira (3) um homem, de 40 anos, levou uma facada no coração. A vítima estava em sua residência, à rua Professora Malba de Freitas, no bairro Jardim  Montanhês.

De acordo com informações da Polícia Militar, a mulher de Jorge Dias Souza foi quem acionou os militares. Ela informou aos policiais que estava chegando em casa e viu um homem atacar o companheiro dela.

Segundo a mulher, ao chegar em casa o companheiro estava caído soltando sangue pela boca e o agressor havia fugido.

O homem foi encaminhado em estado grave e em choque para o Pronto Atendimento Municipal (PAM).

Durante as buscas pelas imediações, os militares encontraram a suposta arma usada no crime.

crime 1 

 No PAM, a informação foi de que Jorge Dias não resistiu ao ferimento e veio a óbito, na noite desta sexta-feira. Mais tarde a mulher foi presa suspeita de matar o companheiro. Segundo a Polícia Militar (PM), a mulher contou que a vítima queria fazer sexo contra a vontade dela e, por isso, eles começaram a briga. Durante a confusão, o homem foi esfaqueado no peito. De acordo com a PM, a mulher confessou que o agrediu com socos antes de matá-lo. O filho da suspeita, de 19 anos, acionou os militares ao ver o corpo da vítima caído na casa da família. Devido aos ferimentos causados durante o desentendimento do casal. O hospital informou que a mulher foi atendida e liberada. De acordo com a Polícia Civil, ela foi presa em flagrante e encaminhada para o Presídio de Formiga. A mulher não tem antecedentes criminais. .;

 

Priscila Rocha

print
Comentários