Auto-declarado embaixador cósmico, Walmir de Souza Marques, de 60 anos, vem pedindo aos vereadores e à Prefeitura de Belo Horizonte a liberação para o pouso de um disco voador na Praça Sete, na região central da capital mineira. Segundo ele, a autorização é necessária para que a manobra não se caracterize como uma invasão.

Durante evento na Câmara Municipal de BH, Walmir entregou aos parlamentares a declaração universal dos direitos humanos, dos visitantes extraterrestres e das cidades abaixo dos oceanos. Ele chegou a se reunir com o Deputado Gabriel Azevedo (PHS), que se comprometeu, ironicamente, a tomar as devidas providências.

Walmir tenta a autorização junto à PBH há alguns anos. Em 2012, ele já havia pedido permissão para pouso de discos voadores no mesmo local, mas a solicitação foi negada pela prefeitura. Posteriormente, em 2014, fez a solicitação diretamente à presidente Dilma Rousseff, mas não obteve resposta. Um pedido para pouso no Vaticano também foi feito, mas também não foi respondido.

Imprimir

Fonte:

Estado de Minas