A Polícia Civil está investigando um homem, de 34 anos, na cidade de Perdigão. Ele é suspeito de fazer uma comunicação falsa de roubo de veículo, com a intensão de fraudar o sistema de seguro veicular.

De acordo com informações da PC, o homem registrou um boletim de ocorrência no dia 10 deste mês, quando informou que estava em seu veículo Gol, em Perdigão, quando ao parar em um sinal de trânsito, teria sido abordado por dois homens que pediram informações, e em seguida, de posse de uma arma de fogo, teriam anunciado o assalto.

Ainda segundo informações, ele foi obrigado a se deslocar com os indivíduos até as margens de uma mata, onde foi obrigado a descer do automóvel e caminhar mata adentro, enquanto os supostos assaltantes fugiram com o carro.

O motorista contou ainda que retornou para a cidade de Perdigão com o auxílio de um motociclista.

Durante o registro da suposta ocorrência, a Polícia Civil recebeu uma denúncia de que um veículo estaria em chamas, na região da mata, onde a vítima teria sido abandonada. Ao verificarem, os policiais constataram que era o veículo da suposta vítima.

Com o auxílio de câmeras de TV, os policiais civis colheram informações de que durante o suposto trajeto, em que a vítima teria sido feita refém, pelos assaltantes, não havia mais nenhum passageiro dentro do veículo, além do próprio motorista.

Segundo o delegado Davidson dos Santos, o homem será indiciado por falsa comunicação de crime e estelionato, tendo em vista que, muito provavelmente, o autor pretendia fraudar o seguro veicular.

“É importante salientar que o autor acionou indevidamente as Polícias Civil e Militar para atender e apurar falsa denúncia de crime. Além disso, mobilizou o aparato policial, que naquele momento pode ter deixado de atender a demandas reais, algo inaceitável em tempos de pandemia, e ainda considerando todo esforço que o Governo do Estado vem fazendo em prol da segurança. Salientamos que a Polícia Civil de Minas Gerais está atenta e jamais compactuará com condutas dessa natureza.”, ressaltou.

Fonte: Portal G37

print
Comentários