As semifinais do Mineiro prometem pegar fogo nesse final de semana. No sábado, 28, o Atlético recebe o Tupi às 18h30, na Arena do Jacaré. O técnico Cuca pode fazer mexidas na equipe após a desastrosa derrota para o Goiás no meio de semana, em jogo válido pela Copa do Brasil. ?Vamos concentrar direto e nos mobilizarmos para o jogo. É pressão no sábado. Agora é hora de sermos homens. Não podemos mais ser meninos. Tem de chamar a responsabilidade e passar por cima desse momento ruim numa reta final. Não estamos falando de um jogo de meio de campeonato. É reta final de estadual. Batalhamos muito para chegar aqui?, disse Cuca. O Atlético joga por um simples empate para avançar à final. Ao Tupi, só a vitória interessa.
Já no domingo, Cruzeiro e América prometem fazer outro clássico quente, também na Arena do Jacaré, às 16h. O Coelho reverteu a vantagem que pertencia à Raposa e joga por um empate na partida de volta. Já ao Cruzeiro resta vencer por qualquer diferença de gols. O técnico Vagner Mancini acredita que toda a polêmica envolvendo a comemoração feita pelo jogador Alessandro possa botar fogo na partida, servindo de estímulo para o Cruzeiro. ?É importante quando você usa como estímulo, não como atitude de jogo, se não você vai entrar desfocado do que deve, que é jogar futebol. Fundamental que neste momento a gente recorra à calma, mas sem sair da linha de raciocínio, que vinha bem. Não há motivo para apavorar. Há motivo para usar todas as ferramentas que temos?, apontou o treinador.
Nova casa?
O Cruzeiro ainda não entrou em acordo com a concessionária Arena Independência para que a equipe volte a jogar em Belo Horizonte. De acordo com o diretor de futebol, Alexandre Mattos, as tratativas continuam. ?Vamos deixar claro que em nenhum momento falamos que não vamos jogar no Independência. Esperamos um final feliz. Se esse final feliz não ocorrer, Sete Lagoas nos abraçou, a prefeitura fez todo esforço e, enquanto não tivemos acordo, vamos seguir jogando lá. Por isso, a gente quer fazer o melhor acordo para poder jogar no Independência?, informou o dirigente.
Nova casa!
Por outro lado, o Atlético, já com parceria comercial firmada com a concessionária que administra o estádio, confirmou que sua estreia na nova casa será na próxima quinta-feira, 3 de maio, quando a equipe terá o difícil compromisso diante do Goiás, pela Copa do Brasil. O Galo precisa vencer por 3 gols de diferença para avançar.
Tá de olho, mesmo?
Bastante pressionado pela torcida e pela imprensa, o técnico Mano Menezes precisou justificar o injustificável ao falar sobre a constante ausência de Ramires da seleção brasileira. Atualmente, o ex-volante do Cruzeiro tem sido um dos maiores destaques do futebol europeu, como visto na última terça-feira, no jogo contra o Barcelona. ?Ramires vem jogando bem há bastante tempo e faz parte do grupo que chamei desde o início. Às vezes a gente deixa alguém de fora um tempo e as pessoas pensam que deixei de fora e não penso mais no jogador?, se defendeu o treinador.

print
Comentários