O Hospital São João de Deus anunciou nesta terça-feira (3) que suspendeu os atendimentos pelo convênio com o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg). O rompimento de contrato ocorreu nessa segunda-feira (2).

Segundo o hospital, o Estado não realiza os repasses financeiros devidos à instituição desde fevereiro deste ano. Atualmente, a dívida é de R$ 1.645.707,25, informou a instituição.

Conforme a nota enviada pela assessoria do hospital, estão suspensas pelo convênio todas as consultas de pronto atendimento categorizadas como verde e azul pela Classificação de Manchester, assim como todos os procedimentos cirúrgicos eletivos. A suspensão é por tempo indeterminado.

 

 

Fonte: G1||

Imprimir

Comentários