Formiga sediou no sábado (24), a I Conferência Intermunicipal de Cultura. Os eventos realizados em todo país seguiram a mesma metodologia, que trabalha o tema Cultura, Diversidade, Cidadania e Desenvolvimento.O evento foi realizado em parceria com os municípios de Arcos e Pains.
Realizada no auditório Odette Khouri, a conferência reuniu 169 pessoas das cidades participantes. Também estiveram presentes o prefeito de Formiga, Aluísio Veloso, o prefeito de Pains, Ronaldo Gonçalves, o prefeito de Arcos, Claudenir José de Melo (Baiano), a secretária de Cultura de Formiga, Maria Andrada, a chefe do Departamento de Cultura da cidade de Arcos, Rosa Maria Rodrigues, a secretária de Educação e Cultura de Pains, Rosa Maria de Mendonça, e o vereador Gonçalo Faria/PSB.
O evento reuniu a sociedade civil e o poder público em uma série de debates e palestras abordando cinco eixos temáticos: Produção Simbólica e Diversidade Cultural; Cultura, Cidade e Cidadania; Cultura e Desenvolvimento Sustentável; Cultura e Economia Criativa e Gestão e Institucionalidade da Cultura.
Não podemos perder esse momento. Temos que nos unir para fazermos um bom trabalho e sermos representados na Conferência Nacional, além de ajudarmos na construção do Plano Nacional de Cultura, comentou a secretária de Cultura, Maria Andrada.
Este é um momento importante para nossa região. A Cultura não pertence a uma cidade, mas ao seu povo, povo de toda uma região. A Cultura é uma manifestação íntima de um povo, comentou o prefeito Aluísio Veloso. Essa parceria entre Formiga, Arcos e Pains é fundamental e muito gratificante. A presença de diversas pessoas na conferência nos deixa orgulhosos, pois mostra o interesse e a boa vontade, comentou o prefeito de Pains, Ronaldo Gonçalves.
A conferência
O evento foi aberto com a leitura do Regimento Interno e aprovação deste pelos presentes. A primeira palestra do dia abordou Produção Simbólica e Diversidade Cultural e foi ministrada pelo sociólogo Renê Mendes Vilela. Em seguida, foi a vez do assessor especial da presidência da Cemig e ex-embaixador do Brasil em Cuba, Tilden Santiago, e sua esposa Helena Maria Rodrigues, tratarem sobre o segundo eixo: Cultura e desenvolvimento sustentável.
A terceira palestra do dia foi ministrada por Vinícius Porto, que abordou o eixo Cultura e Desenvolvimento Sustentável. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Parcerias, Paulo César Rodrigues, ministrou a palestra Cultura e Economia Criativa e, finalizando, a secretária de Cultura, Maria Andrada, falou sobre Gestão e Institucionalidade da Cultura.
Na sequência, foi realizada a reunião dos eixos de trabalho para discussão dos temas e elaboração de propostas, bem como a apresentação e aprovação das diretrizes e dos delegados para a Conferência Estadual de Cultura. Foram eleitos oito delegados das cidades de Formiga, Arcos e Pains.
É uma satisfação participar desse evento. Precisamos dar valor à nossa cultura. Temos que valorizar todos aqueles que fizeram seus trabalhos e deram sua contribuição para que nossas cidades chegassem onde estão hoje, comentou o prefeito de Arcos, Claudemir José de Melo.
De acordo com a secretária Maria Andrada, o próximo passo é a elaboração de um relatório que deverá ser entregue em dez dias à Secretaria de Estado de Cultura e ao Ministério da Cultura.

print
Comentários