O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lança oficialmente nesta segunda-feira (2), a coleta do Censo Agropecuário 2017 – principal e mais completa investigação estatística e territorial sobre a produção agropecuária do país.

Até fevereiro de 2018, em torno de 19 mil recenseadores percorrerão todos os cerca de 5,3 milhões de estabelecimentos agropecuários brasileiros.
Minas Gerais é o segundo maior estado em número de estabelecimentos, ficando atrás apenas da Bahia. Na região, 1.911 temporários foram contratados e treinados para visitar mais de 610 mil estabelecimentos, segundo a previsão do Instituto.

Censo Agro 2017
O Censo Agro 2017 visitará todos os estabelecimentos agropecuários do país, traçando um diagnóstico da realidade do setor. Ele atualiza os dados colhidos no último censo, em 2007.
A entrevista realizada com o produtor rural demora, em média, 40 minutos e é realizada por meio do Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), utilizado para armazenar e transmitir as informações do censo.

O questionário aplicado pelos recenseadores contempla questões relacionadas à produção, pessoal ocupado, agricultura familiar, uso de agrotóxicos, entre outros temas.

As informações coletadas subsidiarão pesquisas, tomada de decisões na iniciativa privada e a elaboração de políticas públicas para o setor.
Os resultados do Censo Agro 2017 devem começar a ser divulgados pelo IBGE em meados de 2018

Imprimir

Fonte:

IBGE