Na madrugada de terça-feira, 17, um incêndio, causado por um curto-circuito, na Rua Prof. José Antônio, Centro, destruiu boa parte de uma sapataria.
O incêndio teve início por volta das 4h00 e foi visto por vizinhos, que chamaram a polícia, que entrou em contato com William Alves Godin, filho do proprietário da sapataria Reformadora de Sapatos, Wilson Alves Godin, mais conhecido como Vilson Sapateiro.
Segundo testemunhas, foi feito o contato com o SAAE, para que o caminhão pipa fosse ao local para ajudar a controlar o fogo.
Enquanto aguardava o caminhão, William, com uma mangueira emprestada por vizinhos, tentava apagar o incêndio. Era necessário controlar as chamas rapidamente, pois o imóvel é fechado, e havia vários objetos inflamáveis no local, como: colas, tintas, álcool, tiner, gasolina, além da grande quantidade de borracha.
De acordo com Willian, a fiação do local era muito antiga, o que pode ter gerado o curto-circuito.
O caminhão do SAAE só chegou por volta de 5h30 e o fogo já havia sido totalmente apagado. A justificativa para a demora foi que o caminhão estava vazio e foi necessário enchê-lo.
Wilson afirma ter perdido pelo menos 50% do material que estava na sapataria, contando com sapatos de clientes, ferramentas, estoque e outros bens. Ele estima que o prejuízo seja de R$15 mil em média.

Imprimir
Comentários