A cidade de Machado, localizada na região Sul de Minas, viveu cenas de terror na madrugada dessa terça-feira (25). Indivíduos fortemente armados fizeram moradores reféns, trocaram tiros com a Polícia Militar e explodiram caixas eletrônicos. As cenas de violência, conforme testemunhas, duraram aproximadamente 40 minutos. Após os ataques, os suspeitos fugiram e não foram localizados. Uma operação de busca foi montada para prender os suspeitos.

Conforme a Polícia Militar, aproximadamente 15 homens participaram do assalto. Eles se dividiram em dois grupos para dificultar a ação dos militares. Parte do bando rendeu populares que estavam perto de uma lanchonete. As vítimas foram obrigadas a tirar as camisas e a colocar as mãos na cabeça.

Enquanto isso, outros suspeitos agiam na praça Antônio Carlos, no Centro do município, onde estão várias agências bancárias. Durante a ação, os criminosos conseguiram explodir caixas eletrônicos das agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. O montante levado dos dois bancos ainda não foi contabilizado.

Troca de tiros

Logo que as explosões foram ouvidas e a população feita refém, a PM foi acionada. Os militares foram recebidos a tiros e revidaram. O tiroteio foi registrado por moradores da região.

 De acordo com a PM, os indivíduos conseguiram explodir os cofres bancários e destruir o sistema de monitoramento por câmeras dos dois bancos. Nas agências, os peritos recolheram diversas cápsulas de munições calibres 12, 40 e 556, além de cédulas manchadas.

Durante a fuga, os indivíduos jogaram miguelitos (objetos pontiagudos utilizados para furar pneus) nas ruas para impedir que as viaturas fizessem as buscas. Além da PM, a Polícia Civil e a Polícia Federal também atuam na ocorrência. Testemunhas teriam anotado a placa de um dos veículos envolvido na ação e as buscas foram iniciadas.

 

IMPRIMIR

Fonte:

Hoje em Dia