O quartel do Segundo Pelotão PM de Meio Ambiente, da Sétima Companhia PM de Meio Ambiente recebeu denúncias, nessa segunda-feira (22) de que um individuo em Santo Antônio do Monte estava mantendo diversos pássaros da fauna silvestre em cativeiro, sem o devido registro, com pássaros também na casa do filho dele.

Diante das informações as guarnições compareceram na residência do suspeito, de 68 anos, onde de imediato avistaram as gaiolas dependuradas na varanda da casa.

Quando então deslocaram para a residência do filho dele de 37 anos, avistaram um indivíduo no portão, em atitude suspeita. Ao ser dado ordem para que esse se postasse para busca pessoal, entrou correndo para dentro da casa, desobedecendo as ordens.

O indivíduo de 22 anos foi detido em flagrante. Com ele foram encontradas quatro endolas de substância análoga a cocaína, prontas para o comércio, um cheque no valor de R$100, de terceiros, um celular e R$763, em dinheiro, em cédulas diversas.

Nas buscas na residência do idoso de 68 anos, além de sete pássaros silvestres em cativeiro sem a devida anilha de identificação e um couro de animal silvestre, possivelmente de uma raposa, foram apreendidas em poder do filho, dele, um recipiente plástico com substância análoga a cocaína, que fracionada poderia render aproximadamente 115 endolas para comércio, uma balança de precisão,  R$560, em cédulas diversas, um aparelho automotivo de CD-Player, enterrado, sem origem declarada, um celular e diversos materiais para o refino e desdobramento de pasta base de cocaína, além de uma armadilha para captura de pássaros e um apetrecho de pesca de uso proibido.

Os suspeitos de 22 e 37 anos foram presos por tráfico de substâncias entorpecentes e encaminhados para a delegacia.

O idoso foi autuado administrativamente pela guarda dos pássaros em cativeiro em auto de infração no valor de R$26.723,52 e o filho dele autuado pela guarda da armadilha e da tarrafa em auto de infração no valor de R$2.468,21.

Fonte: Polícia de Meio Ambiente

Imprimir
Comentários