Em seis meses, 28 pessoas morreram em Minas Gerais vítimas dos vírus Influenza A e B. Balanço divulgado na sexta-feira (28) pela Secretaria Estadual de Saúde aponta que sete óbitos ocorreram apenas na última semana, o que equivale a uma morte por dia.
De janeiro até hoje, a secretaria registrou 118 casos, contra 189 em todo o ano passado, quando 47 pessoas morreram vítimas da doença.
Entre os vírus da gripe, o Influenza A HINI foi o responsável por 23 dos óbitos. O Influenza A H3 sazonal e o Influenza B mataram uma pessoa cada. Outras três mortes foram provocadas por vírus da Influenza não classificado.
Entre as vítimas, 15 têm entre 40 e 59 anos; cinco de 30 a 39 anos; três acima de 60 anos; duas de 20 a 29 anos; uma de 10 a 19 anos e dois menores que 2 anos.
Belo Horizonte; Pouso Alegre, no Sul de Minas e Uberaba, no Triângulo Mineiro, registraram três mortes cada. Em Ribeirão das Neves, na região metropolitana, foram duas mortes. Alfenas, Alterosa, Andradas, Brasópolis, Brumadinho, Campos Gerais, Conquista, Curvelo, Divinópolis, Extrema, Igarapé, Itapeva, Ouro Branco, Sacramento, São Sebastião do Paraíso, Senador Amaral e Sete Lagoas registraram uma morte cada.

Imprimir
Comentários