Pelo menos duas pessoas morreram depois de chuvas torrenciais que provocaram inundações e deslizamentos de terra no Japão nesta quarta-feira (28).

Mais de 900 mil pessoas tiveram que deixar suas casas, e outras 1 milhão foram aconselhadas a irem para lugares mais seguros, informou a Reuters.

Mais do que o dobro das chuvas esperadas para todo o mês de agosto caíram sobre partes da ilha de Kyushu, no sul do país, nas últimas 48 horas. Rios transbordaram, inundando estradas e fazendo com que serviços ferroviários fossem suspensos.

Forças de defesa do Japão passam por rua inundada depois de chuvas torrenciais nesta quarta-feira (28) em Takeo, prefeitura de Saga. — Foto: Kyodo News via AP

Uma das vítimas, um homem, morreu quando seu carro foi levado na região de Saga; outro morreu na região de Fukuoka depois de ser arrastado pelas águas da enchente quando saiu de seu carro, que estava parado, informou a NHK.

Também em Saga, uma mulher foi encontrada sem sinais de vida – um termo que as autoridades japonesas usam para descrever pessoas que ainda não foram oficialmente confirmadas como mortas – em seu carro depois que ele caiu em uma via fluvial.

As forças de defesa do Japão informaram ter enviado cerca de 100 tropas para o socorro, a pedido da administração local de Saga.

Um táxi fica preso em uma rua inundada na região de Saga, sul do Japão, nesta quarta-feira (28). — Foto: Kyodo News via AP

Imagens de televisão mostraram estradas e estações ferroviárias inundadas e pessoas passando por ruas alagadas até os joelhos depois que vários rios transbordaram. Usuários do Twitter postaram vídeos de lama invadindo as ruas.

“O primeiro andar da nossa casa está inundado e um desastre total, então estamos aqui no segundo andar, aguardando o resgate”, disse uma pessoa no Twitter, segundo a Reuters.

“Podemos ver os bombeiros do lado de fora, mas a nossa rua está uma bagunça tão grande que parece que eles não querem entrar”, escreveu.

Duas pessoas morreram, segundo último levantamento, e mais de 900 mil tiveram que deixar suas casas; inundações foram causadas por chuva recorde
Pessoas andam por uma estação de trem inundada na região de Saga, no sul do Japão, nesta quarta-feira (28). — Foto: Kyodo News via AP

Embora as autoridades já tivessem retirado, à tarde (horário local), o aviso de chuva historicamente intensa, a expectativa era de que continuasse a chover durante a noite, o que provocou alertas adicionais sobre inundações e deslizamentos de terra.

 

Fonte: G1 ||
print
Comentários