O departamento de comunicação da Santa Casa de Caridade de Formiga divulgou nesta sexta-feira (8), que no dia 29 de junho foi realizada pela Mesa da entidade, mais uma assembleia ordinária com os Irmãos Benfeitores, a fim de prestar contas do trabalho realizado na instituição.

Na oportunidade, foi apresentada à irmandade a nova Superintendente Administrativa, Érica Dias de Souza Lopes, que assumiu o cargo na instituição no dia 13 de junho. A contratação se deu por meio de processo de seleção, onde participaram outros dois candidatos. O cargo foi criado para suprir uma necessidade que consta no novo estatuto da Santa Casa, aprovado em novembro/2015. Érica Lopes é administradora, pós-graduada em Gestão de Recursos Humanos, Gestão de Serviços de Saúde e Administração Hospitalar. Trabalhou como Agente Administrativa, no Centro Universitário do Leste de Minas; atuou por sete anos no Hospital e Maternidade Vital Brazil, foi diretora administrativa no Hospital São Camilo, em Coronel Fabriciano/MG e Diretora Administrativa Corporativa dos Hospitais São Camilo Vale do Aço, em Itabirito/MG. Além disso, também foi apresentado o novo Diretor Técnico da entidade, Dr. Lécio Vasconcelos Júnior.

Na assembleia foram apresentados e aprovados os novos nomes para a Irmandade, sendo eles a empresária formiguense, Anice Bottrel e o servidor público, Phillip Diniz.

Outro ponto colocado em discussão foi o novo regimento interno da entidade, que foi disponibilizado para análise anteriormente. Alguns pontos foram discutidos e deverão sofrer alterações para que o regimento seja aprovado.

O primeiro tesoureiro da Mesa Administrativa, o médico Carlos Eduardo, apresentou o projeto do “Cartão Benemérito”, para que fosse votado em assembleia se o projeto irá prosseguir ou não. Os irmãos tiveram alguns questionamentos e aprovaram a proposta.

Houve também a recomposição da Mesa para os cargos de vice-provedor, primeiro e segundo secretários, que se encontravam vagos. A assembleia aprovou a indicação do provedor para a os novos cargos, sendo: vice-provedora, Anice Bottrel; Lindamar Azarias, 1ª secretária e Phillip Diniz, 2º secretário da Mesa Administrativa.

A proposta 

Diante da crise nacional que atingiu todas as esferas, a proposta se baseia na criação do Cartão Benemérito, que como o próprio nome diz, traria benefícios para apoiadores da Santa Casa.

Os benefícios oferecidos são os seguintes:

  • Atendimento preferencial em 24 áreas como: clínica médica, pediatria, ginecologia-cirurgia geral, obstetrícia, ortopedia, anestesia a preços populares;
  • Consultas especializadas também a preços populares;
  • Exames laboratoriais a preços reduzidos;
  • Ultrassom, tomografia e ressonância magnética a preços reduzidos;
  • Descontos em tratamentos cirúrgicos;
  • Descontos em tratamento clínico hospitalar;
  • Descontos em empresas que fizerem esta parceria.

As doações vão de R$15 a R$100 e para cada “cota” há um número de benefícios a que se tem direito. Outras regras estão previstas como carência em alguns casos e outras questões.

print

Comentários