Redação Últimas Notícias

Em tempos de pandemia, o formiguense e professor de física, Márcio Martins, fez o que muitos brasileiros estão fazendo: resolveu inovar.

Como as aulas presenciais foram suspensas em todo o país, muitos professores e alunos tiveram que se adaptar às novas maneiras de ensinar e aprender no formato virtual. Com isso, Márcio colocou em prática um projeto que tinha em mente, utilizando a internet como instrumento de apoio no processo de ensino/aprendizagem. Ele criou um canal no Youtube “Isto é Física”, com o objetivo de ensinar física de forma simplificada e didática.

 “Ao longo de 13 anos como professor, percebi que o estudante tem enorme resistência em aprender física. Não somente pelo fato de ser difícil, mas também por achar que são apenas fórmulas e números sem sentido para eles. De certa forma, se isso não for contextualizado para o estudante, ficará sem sentido mesmo. Sempre falo com os alunos que a física é muito mais que fórmulas e números, ou seja, explico os fenômenos que estão presentes em nossa vida e utilizamos as fórmulas e números para provar estes fatos. Sendo assim, em minhas aulas eu provoco o estudante a entender o contexto e, em determinado momento de seu entendimento, eu aplico as fórmulas sem cobrar a ‘decoreba’, tendo um resultado mais satisfatório. Ao término da explicação sempre falo: “Isso é Física”. Por isso o nome do canal”, explicou Márcio.

Em 2019, estudantes do 3º ano do ensino médio do Colégio Águia de Prata, na cidade de Lagoa da Prata, onde ele leciona desde 2016, já haviam pedido ao professor que criasse o espaço no ambiente virtual. “Porém, não coloquei em prática nesse período, pois não me sentia preparado. No ano seguinte, em 2020, em meio à pandemia da Covid-19, as escolas tiveram que suspender as aulas presenciais e se programarem para o ensino à distância. Eu, assim como outros professores, tive que me preparar para um tipo de ensino para o qual não tive formação nem treinamento. Sendo assim, comecei a trabalhar de forma online com o aplicativo Google Meet no colégio Águia de Prata, em que são criadas reuniões online, juntamente com os estudantes para a realização das aulas”.

Já na rede estadual, a forma de ensino foi feita através dos PET’s (Plano de Estudo Tutorado), que são materiais prontos enviados pelo Estado e disponibilizado aos alunos, uma vez que o professor fica à disposição do aluno para ensinar o conteúdo do material e sanar dúvidas.

O professor explicou que esta forma de ensino foi aplicada junto aos alunos privados de liberdade da Escola Estadual Professora Maria Aparecida Costa de Resende, localizada na Penitenciária de Formiga, onde leciona física e matemática desde 2008. “Porém, não poderia haver a interação dos alunos com os professores, já que eles não têm acesso à internet. Nesse momento, percebe-se a fundamental importância do professor, principalmente para esse tipo de grupo, uma vez que apenas materiais impressos não são suficientes para a eficácia na aprendizagem dos alunos. Novamente os estudantes pediram para gravar as aulas. Então, professores e a direção da escola resolveram enviar as aulas editadas, que foram enviadas juntamente com os PET’s para facilitar a aprendizagem. Fiquei muito satisfeito com resultado deste projeto”.

Ao perceber que poderia fazer algo a mais para a sociedade, Márcio passou a se dedicar a esta nova proposta de ensino. “Percebi que poderia ajudar mais pessoas e colegas de trabalho por meio do canal. Então comecei a estudar como utilizar os programas Vegas pro, Audacity, Atube e entre outros. Tive ajuda de várias pessoas, como colegas de trabalho e os próprios estudantes. Assim, no decorrer do ano, o canal foi tomando forma e melhorando a qualidade”.

De acordo com Márcio, o canal alcançou estudantes e professores, não somente da cidade de Formiga. “Dessa maneira, creio que o canal chegará a outras pessoas que também poderão aprender física de forma diferente, além de ajudar a promover o nome de nossa cidade”, finalizou.

Márcio possui licenciatura plena em física pelo Unifor-MG, pós-graduação lato sensu em ensino de física pela Finom, mestre em ensino de física pela UFLA, licenciatura plena em matemática pela Faveni.  O canal atualmente está com 74 vídeos e o projeto continua com duas aulas semanais.

Conheça aqui o canal

print
Comentários