Pela primeira vez desde 1958, a Itália não disputará a Copa do Mundo. Os tetracampeões foram eliminados na repescagem europeia pela seleção da Suécia.

Depois da derrota de 1×0 no jogo de ida na sexta-feira passada (10), a Azzurra ficou no 0x0 na partida de volta nessa segunda-feira (13), em Milão.

A Suécia sobreviveu a uma série de ataques da seleção italiana no jogo em uma noite de tensão e drama. A tetracampeã deixou os visitantes em seu próprio campo durante a maior parte do jogo e criou várias chances, mas não conseguiu superar Robin Olsen para marcar seu gol.

Os anfitriões, que tiveram 75% de posse de bola, fizeram disparos para fora, outros pararam em Olsen e também reclamaram de um pênalti ao pressionarem desesperadamente por um gol.

“Não tínhamos mais armas. Tivemos que aguardar e esperar que pudéssemos aguentar”, disse o técnico da Suécia, Jan Andersson. “Nós não poderíamos fazer de outra forma, eles têm muita qualidade.”

O mais próximo que a Itália chegou de marcar foi numa tentativa de Ciro Immobile que foi parcialmente defendida por Olsen e posteriormente afastasa por Victor Lindelof.

Os jogadores italianos desabaram no campo em desespero no apito final e até mesmo veteranos como Giorgio Chiellini estavam inconsoláveis. O apoio da torcida durante o jogo rapidamente se transformou em hostilidade, e vaias foram ouvidas pelo estádio.

Os italianos se viram obrigados a disputar a repescagem após acabarem atrás da Espanha no Grupo G com cinco pontos a menos. Outra seleção tradicional europeia que não participará do Mundial na Rússia é a Holanda.

Aposentadoria de Buffon

Buffon chora ao deixar o gramado em Milão (Foto: Divulgação)

O goleiro da seleção italiana, Gianluigi Buffon, de 39 anos confirmou após a partida que está se aposentando.  Ele defendia a equipe desde 1997.

Buffon esteve nas últimas cinco edições da Copa do Mundo (1998, 2002, 2006, 2010 e 2014).

Se fosse para a Copa da Rússia, ele quebraria o recorde de aparições em mundiais. Com cinco termina a carreira empatado com o mexicano Antonio Carbajal e o alemão Lothar Matthäus.

“É difícil terminar assim. Temos orgulho, força. Nos levantaremos como sempre fizemos. Eu deixo um abraço para todos, especialmente para os que compartilharam esse tempo comigo. Não sinto muito por mim, mas por todo o futebol italiano”, declarou Buffon emocionado.

Copa da Rússia 2018

Com a classificação da Suécia já são 29 seleções garantida para a Copa. As últimas três sairão dos duelos das repescagens: Irlanda x Dinamarca, Austrália x Honduras e Peru x Nova Zelândia.

IMPRIMIR

Fonte:

Com portais de notícias