O deputado federal Jaiminho Martins (PR/MG) foi indicado na quarta-feira (2) como membro titular da Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados. ?Nossa expectativa é continuar contribuindo para a CVT, comissão que presidi durante o ano de 2009 e, que tenho participado ativamente ao longo dos últimos anos enquanto parlamentar. Nosso trabalho em prol do setor de transportes, logística e desenvolvimento do modal de transporte nacional, tem tido êxito e precisamos avançar ainda mais nas propostas e demandas do país?, avaliou.
Jaiminho, que ocupou durante o ano legislativo de 2009, a presidência da CVT, também foi indicado como membro suplente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), a mais importante comissão da Câmara. ?Paralelamente, fico feliz e enternecido com a indicação do meu nome para membro suplente da CCJ, tida a mais importante comissão da nossa casa legislativa. Nossa expectativa é de que possamos atuar beneficiando uma legislação moderna, célere e que promova caminhos para o crescimento do nosso país. É importante a avaliação dos temas que ficaram sob a responsabilidade da comissão, e cabe a nós, parlamentares, a sua correta avaliação, para que estas possam ser aproveitadas buscando atender os anseios da sociedade. Nesse ponto, é importante o estudo da reforma política e tributaria, questões do qual não podemos fugir enquanto país em franco desenvolvimento econômico e social ?, avaliou Jaime.
Presidência das Comissões Permanentes
Durante o encontro as comissões permanentes da Câmara dos Deputados elegeram os seus presidentes e vices. O mandato é de um ano. Os líderes definiram na semana passada a distribuição entre os partidos e indicaram os nomes para os cargos. A distribuição das presidências das comissões é baseada no critério da proporcionalidade partidária, de acordo com os blocos formados até o dia 1° de fevereiro deste ano.
O critério para escolha dos nomes é definido por cada bloco ou partido. PT e PMDB – partidos com as duas maiores bancadas desta legislatura- ficaram com três comissões cada um. PP, DEM, PSDB e PR ficaram com duas. Os demais partidos ficaram com uma cada ou farão rodízio em 2011 e 2012.

Imprimir
Comentários