Uma nova lei municipal publicada nesta quarta-feira (24) no Diário Oficial do Município (DOM) institui o Janeiro Branco. A partir de agora, o mês será dedicado a campanhas e ações educativas voltadas para a promoção e difusão da saúde mental em Belo Horizonte.

A campanha começou em 2014 em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, idealizada por psicólogos e inspirada no Outubro Rosa. “A ideia era aproveitar a posição estratégica, assim como o perfil introspectivo do mês de janeiro, e chamar a atenção das pessoas (e autoridades públicas) para essas questões de ordem psicológica-existencial, incentivando-as a tomarem o início do ano como um ponto de partida privilegiado para pensarem sobre as suas condições psicológicas e investirem em mais saúde mental em suas vidas ao longo de todo o tempo”, informa o site oficial da iniciativa.

Em Belo Horizonte, conforme a Lei nº 11.138, serão promovidas palestras, seminários e cursos em parcerias com entidades públicas e civis da capital durante o mês. O símbolo da campanha é um laço branco, que assim como e decoração nessa cor será usado na decoração das sedes da administração pública municipal, logradouros públicos e monumentos. A iniciativa já ocorre em outras cidades brasileiras.

 

 

 

Fonte: Estado de Minas||

print

Comentários