Um rapaz de 22 anos invadiu a Escola Estadual Segismundo Pereira, em Uberlândia, e ameaçou estudantes e professores da instituição. O fato aconteceu na manhã desta terça-feira (22), durante a entrada dos alunos, gerando pânico entre aqueles que estavam no local. Após ser acionada, a Polícia Militar deteve o suspeito, que fingia estar armado.
De acordo com o vice-diretor da escola, Rosalvo Neto, o rapaz é ex-aluno e invadiu a instituição gritando que procurava uma ex-diretora, que já deixou a instituição. Ele falava que foi humilhado em 2007, quando estudava no local, e que iria se vingar.
O vice-diretor contou que o suspeito teria se infiltrado, por volta das 7h, entre os estudantes que chegavam para as aulas e entrado no prédio da escola. Segundo Neto, um aluno chegou a ser agredido com um tapa pelo suspeito.
Assustados com a confusão, cerca de cem dos 800 estudantes do turno da manhã voltaram para casa, conforme Neto. O vice-diretor disse que muitos deles ligaram para os pais pedindo que fossem buscá-los. Apesar do susto, as aulas foram mantidas na escola, em todos os três turnos. A polícia informou que o suspeito foi ouvido e depois liberado.
Em abril do ano passado, Wellington Menezes de Oliveira, também ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio, invadiu a instituição e matou 12 estudantes.

print
Comentários