Um jovem de 18 anos foi preso após matar o pai da namorada com golpes de machado, na segunda-feira (22). José Pereira dos Santos, 52, foi executado com um ferimento no rosto enquanto dormia. A motivação do crime seria o fato da vítima não aceitar o relacionamento da filha, de 12 anos, com o rapaz. O homicídio foi registrado em Buritizeiro, no Norte de Minas.

De acordo com a Polícia Militar a filha de José contou que o pai e o namorado tiveram uma discussão na noite de domingo (21). O desentendimento foi motivado devido ao relacionamento do casal e a não aceitação por parte do familiar.

Em determinado momento da briga, os dois se ameaçaram de morte. Conforme registrado na ocorrência, o namorado da adolescente falou com a garota que iria matar o pai dela naquela noite. A menina pediu para que a promessa não fosse cumprida.

Depois da discussão, todos foram embora da casa e José ficou sozinho. A filha dele foi ficar junto com a mãe.

Morte

O suspeito aproveitou o momento em que o sogro estava dormindo para matá-lo. Ele confessou para a PM ter utilizado um machado que estava na casa da vítima e deu um golpe no rosto de José.

Uma testemunha contou ter visto o rapaz amolando o machado e falando para um conhecido não contar para ninguém sobre o crime. Apesar disso, ele acabou sendo preso e revelou a autoria do homicídio.

O rapaz, segundo a Polícia Civil, foi “encaminhado ao sistema prisional”. Um facão e um machado foram apreendidos pelos militares.

Nota da Polícia Civil

“Sobre os fatos registrados ontem (22), em Buritizeiro, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) instaurou inquérito policial para apurar os fatos e ratificou a prisão em flagrante do suspeito, de 18 anos, pelo crime de homicídio. Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça”.

Fonte: BHAZ

print
Comentários