Arthur Alves Araújo e Maria Eduarda da Silva Jeremias foram aprovados para serem os jovens aprendizes da Câmara Municipal de Formiga. Eles passaram por um rigoroso processo de seleção.

No dia 2 deste mês, os adolescentes iniciaram o treinamento profissional, que os capacitará para trabalhar no Legislativo formiguense.

O treinamento está sendo feito pela Associação de Assistência aos Menores de Formiga (Patronato São Luiz), sendo que o primeiro módulo do curso ocorrerá até o dia 4 de outubro e o segundo no dia 7 de outubro, com os jovens sendo encaminhados à Câmara já no dia 8.

A professora do primeiro módulo, Graziane Silva, explica que Arthur e Maria Eduarda têm aulas de postura profissional, direito trabalhista, competência profissional, direitos humanos, conduta no local de trabalho, vocação, comunicação e marketing, como trabalhar no pacote office, dentre outras.

O curso é coordenado por Laís Belo Oliveira, que destaca a importância de os jovens passarem pelo treinamento e terem a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho por meio do programa Jovem Aprendiz.

O programa

O programa Jovem Aprendiz Câmara foi criado pela Lei 5.189, de 31 de agosto de 2017, de autoria da vereadora Joice Alvarenga/PT.

De acordo com a lei, os objetivos do projeto são “promover a inclusão social, educacional e profissional dos jovens aprendizes por meio de uma formação técnico-profissional que valorize a democracia, a participação no espaço legislativo e o exercício da cidadania; proporcionar aos jovens aprendizes inscritos e selecionados uma formação técnicoprofissional qualificada, que favoreça a oportunidade de ingresso no mundo do trabalho; e estimular o ingresso e/ou permanência dos jovens no sistema educacional, a fim de garantir seu processo de escolarização e formação”.

Licitação

A contratação do Patronato São Luiz foi feita por meio de licitação. A associação venceu a concorrência que tinha como objeto a “contratação de empresa ou organização da sociedade civil para prestação de serviços de gestão socioeducacional de jovem aprendiz, através de fornecimento de curso de aprendizagem, visando a formação técnico-profissional, em programa correlato às atividades, proporcionando aos jovens a formação profissional”.

Imprimir

Fonte:

Câmara Municipal